Tamandaré Web 100% Jesus

Portal de notícias da Rádio Tamandaré

Praça Maciel Pinheiro é requalificada pela Prefeitura do Recife

A gestão municipal também realizou, neste sábado (04), mais uma edição do "Viva o Centro" e inaugurou a primeira Rota Histórico-cultural da cidade

Há 47 dias — Por Portal Tamandaré Web

A Prefeitura do Recife entregou, neste sábado (04), a requalificação de mais um importante espaço público da cidade, dentro do Programa Tá Aprumado Praças. A Praça Maciel Pinheiro, situada no Centro da cidade, recebeu intervenções por parte da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), que fazem parte do programa lançado em agosto do ano passado, e que vai destinar R$ 60 milhões para revitalizar 120 espaços públicos do Recife, com o intuito de elevar a qualidade de vida dos cidadãos e fortalecer o senso de comunidade.
Foto: Hélia Scheppa/ Prefeitura do Recife

A Prefeitura do Recife entregou, neste sábado (04), a requalificação de mais um importante espaço público da cidade, dentro do Programa Tá Aprumado Praças. A Praça Maciel Pinheiro, situada no Centro da cidade, recebeu intervenções por parte da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), que fazem parte do programa lançado em agosto do ano passado, e que vai destinar R$ 60 milhões para revitalizar 120 espaços públicos do Recife, com o intuito de elevar a qualidade de vida dos cidadãos e fortalecer o senso de comunidade.

"A Praça Marciel Pinheiro está totalmente reformada, com quase R$ 500 mil investidos. Lembrando que a gente tem uma ação de recuperação de jardins e praças na cidade inteira, um específico para as áreas que foram projetadas por Burle Marx e que são tombadas, a exemplo dessa. Além da recuperação urbanística que estamos fazendo, haverá também uma equipe permanente da Guarda Civil e da ação social da prefeitura. Aqui era uma área que estava muito vulnerável, crítica, com pessoas em situação de rua e a gente tem vários serviços que vão estar aqui presentes para poder direcionar cada pessoa para o serviço adequado. Nosso objetivo é poder preservar esse local como ele foi concebido e continuar fortalecendo o comércio da região", afirmou o prefeito João Campos durante a inauguração do equipamento.

A Praça Maciel Pinheiro faz parte do conjunto de quinze jardins históricos que possuem projeto paisagístico de Burle Marx. As ações realizadas no equipamento fazem parte do plano de requalificação desses quinze jardins históricos. O principal objetivo das ações, desenvolvidas com a consultoria do Laboratório da Paisagem da UFPE, é valorizar (e, quando possível, retomar) as propostas arquitetônicas e paisagísticas dos projetos originais de Burle Marx que foram perdidas ou descaracterizadas ao longo das décadas.

O projeto paisagístico de 2024 propõe espécies arbustivas e forrações coloridas e com flores - ixoras nos canteiros que envolvem o chafariz central, crinos com flores brancas e zebrina roxa nos dois canteiros maiores. No local ainda é possível encontrar as palmeiras tamareira-de-jardim (Phoenix roebelenii O'Brien) e sabal (Sabal palmetto), além dos ipê-roxos (Handroanthus heptaphyllus) e amendoeiras (Terminalia catappa) que emolduram a praça. A requalificação também incluiu a limpeza e recuperação dos postes, do piso em pedra itacolomy, das bordas dos canteiros em pedra maciça, dos bancos de maneira tipo "veneziano" e dos monumentos - o chafariz histórico, obra do artista Antônio Moreira Ratto; a escultura de Clarice Lispector, pertencente ao Circuito da Poesia, e o painel de cerâmica com frase do poeta recifense Eugênio Coimbra Júnior.

Viva o Centro e Rota Histórico-Cultural - Após a inauguração da requalificação da Praça Maciel Pinheiro, o prefeito João Campos também prestigiou o "Viva o Centro", que leva ações gratuitas de cultura, esportes, lazer e serviços à população, simultaneamente nas ruas Imperatriz e Nova e na Ponte da Boa Vista. A proposta é mobilizar a população a ocupar e vivenciar esses locais, tradicionais endereços comerciais da cidade. A iniciativa ofereceu serviços como emissão gratuita de RG, CPF e certidão de nascimento, 80 vagas para mamografia, vacinação, recreação, dentre outros. A ativação é uma ação da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Turismo. 

Em seguida, o prefeito inaugurou o trecho da primeira Rota Histórico-cultural da cidade. Nessa primeira etapa serão 3 km, de um total de 8 quilômetros, percorrendo e sinalizando monumentos históricos e culturais, iniciando pela Praça do Diário, Pátio do Carmo, Pátio de São Pedro, Mercado de São José e Pátio do Livramento. A rota é composta por placas de sinalização e mobiliário urbano, levando o caminhante por um percurso repleto de monumentos, igrejas, pontes e marcos históricos. Além da Rota, será inaugurado o Projeto Lugares Afetivos, que marca pontos emblemáticos do Centro do Recife que resgatem a memória afetiva das pessoas.

De acordo com a chefe do Gabinete do Centro do Recife, Ana Paula Vilaça, a Rota Histórico-Cultural interliga pontos históricos de grande expressão artística, cultural e histórica dos Bairros do Recife, Santo Antônio e São José. "Essa sinalização é uma grande oportunidade de turistas e cidadãos conhecerem mais o sítio histórico do Recife e sua rica cultura e tradição".