Tamandaré Web 100% Jesus

Portal de notícias da Rádio Tamandaré

Humberto tem encontro com Raquel Lyra para tratar do problema dos prédios-caixão em Pernambuco

Há 46 dias — Por Portal Tamandaré Web

Uma solução definitiva para o problema dos prédios-caixão em Pernambuco. Foi esse o tema do encontro do presidente da Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS), senador Humberto Costa (PT), com a governadora Raquel Lyra (PSDB), nesta sexta-feira (5), no Palácio do Campo das Princesas.
Foto: Roberto Stuckert Filho

Uma solução definitiva para o problema dos prédios-caixão em Pernambuco. Foi esse o tema do encontro do presidente da Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS), senador Humberto Costa (PT), com a governadora Raquel Lyra (PSDB), nesta sexta-feira (5), no Palácio do Campo das Princesas.

Segundo Humberto, a proposta está encaminhada, envolve o Governo Federal, o Estado de Pernambuco e a Caixa Econômica Federal e deve ser anunciada em breve. “Faltam apenas alguns detalhes para que possamos apresentar um modelo que resolva essa questão de uma vez por todas, contemplando tanto as pessoas que deixaram seus imóveis por conta do risco de desabamento, como as famílias que ainda ocupam este tipo de moradia”, afirmou.

O senador tem atuado ativamente como interlocutor entre os entes envolvidos na questão. No ano passado, inclusive, a CAS esteve em diligência externa no estado para promover uma audiência pública com a finalidade de tratar do tema que aflige 40 mil famílias habitantes de mais de 2,2 mil prédios em risco iminente, muito alto e alto em municípios da Região Metropolitana do Recife (RMR).

“Estamos em permanente diálogo com a Justiça, o Ministério da Fazenda, a Advocacia-Geral da União e também com o Governo do Estado nessa construção. Esse é um problema que se arrasta por décadas. Mas estou empenhado nesse entendimento e confiante de que, muito em breve, poderemos anunciar uma solução definitiva para o problema”, afirmou Humberto.

HISTÓRICO - Construção popular a partir da década de 70 na Região Metropolitana do Recife, os prédios de alvenaria estrutural, também conhecidos como prédios-caixão, passaram a ser alvo de polêmica desde os anos 1990, quando começaram a desabar os primeiros edifícios deste tipo. De lá para cá, o número de desabamentos aumentou. Somente no ano passado, mais dois prédios-caixão desabaram, matando 20 pessoas.

Mesmo com este tipo de construção proibida desde 2005, o problema persiste tanto para os moradores que tiveram que sair das suas casas por conta do risco, como também para aqueles que acabaram por ocupar esses imóvris de maneira irregular.

No ano passado, como presidente da Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS), o senador Humberto Costa realizou uma audiência pública com representantes de moradores, além de integrantes do Tribunal de Justiça de Pernambuco, do Ministério das Cidades, do Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), da Caixa Econômica Federal, do Governo do Estado e de prefeituras da RMR. De lá para cá, tem tratado o tema como uma das prioridades do seu mandato.