Tamandaré Web 100% Jesus

Portal de notícias da Rádio Tamandaré

IDHEC recebe Comenda de Direitos Humanos do Senado

O Instituto Dom Hélder Câmara (IDHEC) completou 40 anos de atividade e tem como principal objetivo a preservação e divulgação do legado do frei Capuchinhos

Há 11 dias — Por Portal Tamandaré Web

O Instituto Dom Hélder Câmara – IDHEC será homenageado pelo Senado nesta quarta-feira, 10. Por iniciativa da senadora Teresa Leitão, a entidade recifense receberá a Comenda de Direitos Humanos Dom Hélder Câmara, pelo trabalho social e a preservação da memória do Dom da Paz. Também serão agraciados o senador Paulo Paim, o ministro Silvio Almeida, o Professor Antonio Augusto Cançado Trindade (in memoriam) e Rafael Régis Azevedo.
Foto: Divulgação

O Instituto Dom Hélder Câmara – IDHEC será homenageado pelo Senado nesta quarta-feira, 10. Por iniciativa da senadora Teresa Leitão, a entidade recifense receberá a Comenda de Direitos Humanos Dom Hélder Câmara, pelo trabalho social e a preservação da memória do Dom da Paz. Também serão agraciados o senador Paulo Paim, o ministro Silvio Almeida, o Professor Antonio Augusto Cançado Trindade (in memoriam) e Rafael Régis Azevedo.

A cerimônia acontece às 10h no Plenário do Senado. A Comenda de Direitos Humanos Dom Hélder Câmara é um reconhecimento a indivíduos e instituições que ofereceram contribuição para a promoção dos direitos humanos no país.

O IDHEC, que completou 40 anos de atividade, tem como principal objetivo a preservação e divulgação do legado de Dom Helder Câmara. Ainda atua como referência no combate às diversas formas de violência e opressão, incentivando o exercício da cidadania através da cultura e da arte.

A senadora Teresa Leitão alega que o IDHEC é imprescindível para a história de Pernambuco e do Brasil, pois salvaguarda o pensamento, as ideias, os escritos de um ser humano ímpar. “Dom Hélder Câmara teve uma história de vida voltada para a justiça social, o amor ao próximo. Defendeu a democracia sem temor, diante de uma ditadura bárbara. A vida dele é uma lição de amor, e o IDHEC cuida desse legado para nós e continua a obra do Dom da Paz”.